Tratamentos

Estrias

Estrias são lesões lineares e atróficas formadas pela ruptura precoce de fibras elásticas na pele. Ocorrem após a distensão exagerada da pele, alterações hormonais ou uso de corticoesteróide por tempo prolongado. É comum o surgimento durante a puberdade em decorrência do crescimento acelerado nesta fase da vida, após colocação de expansores sob a pele ou próteses (de mama, por exemplo), por aumento excessivo dos músculos por exercícios físicos exagerados, por obesidade e na gravidez. Podem surgir em ambos os sexos, sendo mais frequente no sexo feminino. As lesões iniciais são avermelhadas e com o passar do tempo evoluem para lesões esbranquiçadas.
O tratamento garante uma importante melhora na maioria dos casos e deve ser escolhido de acordo com o tipo da estria. Várias técnicas podem ser empregadas, tais como microagulhamento, laser fracionado, peeling, entre outras.